Início / Releases

Releases

Sabesp atende 28% do topo do ranking da universalização do saneamento da Abes

  05/06/2020

A Sabesp opera o abastecimento de água e a coleta e tratamento de esgoto de 12 dos 43 municípios brasileiros listados entre aqueles que estão rumo à universalização do saneamento do ranking da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes). 

Divulgado anualmente, o Ranking Abes da Universalização do Saneamento apresenta o percentual da população das cidades brasileiras com acesso aos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e coleta e destinação adequada de resíduos sólidos. Considerando a pontuação em cada item, o estudo identifica o quão próximo cada município está da universalização do saneamento. Para todas as bases foi considerado 2018 como ano de referência.

Entre as 43 cidades destacadas pela Abes que estão rumo à universalização, as 12 operadas pela Sabesp são: Hortolândia, Santos, Paulínia, Taubaté, Pindamonhangaba, Franca, Botucatu, São José dos Campos, Catiguá, Ouroeste, Santa Ernestina e Lins. Para entrar na categoria “Rumo à Universalização”, o município deve alcançar nota superior a 489 pontos, com pontuação máxima de 500. Hortolândia e Santos, por exemplo, quase obtiveram a nota máxima, marcando respectivamente 499,97 e 499,93 pontos, seguidas por Paulínia, com 499,82, e Taubaté (499,72).

A Companhia também está à frente dos serviços em 8 cidades de grande porte que aparecem no ranking “Compromisso com a Universalização do Saneamento”, que lista as cidades com nota entre 450 e 489. Na relação de 49 municípios de grande porte neste patamar estão Tatuí, Assis, Várzea Paulista, Itapetininga, São Paulo, Suzano, Itatiba e São Vicente, todos atendidos pela Sabesp.

O desempenho dos municípios operados pela Sabesp é resultado do trabalho permanente e investimentos da Companhia na ampliação dos serviços. Só em 2020, a Sabesp planeja investir cerca de R$ 3,78 bilhões em saneamento, sendo R$ 1,67 bilhão em água e R$ 2,10 bilhões em esgoto. Na Grande São Paulo, estão em andamento o Projeto Tietê e Novo Rio Pinheiros, com obras para ampliar coleta e tratamento de esgoto, levando mais qualidade de vida à população e beneficiando o meio ambiente.

A edição 2020 do ranking da Abes reúne 1.857 cidades, representando cerca de 70% da população do país e mais de 33% dos municípios brasileiros que forneceram dados ao Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS). O documento completo pode ser consultado no site da Abes. O ranking ainda faz a correlação entre as variáveis saúde e saneamento, abordadas por meio das DRSAI – Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado, definidas em pesquisa financiada pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa). São consideradas as doenças de transmissão feco-oral (diarreias, febres entéricas, hepatite A) e sobre elas é calculada a taxa de internações média por 100 mil habitantes.

Este conteúdo te ajudou?
0 0
Compartilhe Imprima



Imagens da Sabesp

Buscar em Releases


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.