Início / Releases

Releases

Sabesp recebe Medalha São Paulo Apóstolo pela categoria Serviço Social

  04/09/2019

A Sabesp recebe nesta quarta-feira (04/09), às 20 horas, a Medalha São Paulo Apóstolo concedida pela Arquidiocese de São Paulo. A Companhia foi premiada na categoria Serviço Social por serviços realizados junto à população mais carente e à Igreja. A homenagem tem o objetivo de reconhecer pessoas e instituições que contribuem para propagação das boas práticas cristãs.

“Está no DNA da Sabesp promover a transformação social por meio do saneamento ambiental e assim melhorar a qualidade de vida das pessoas. Seguindo essa missão, a Companhia também contribui com ações de responsabilidade social em parceria com a sociedade civil, neste caso em especial com a comunidade católica, difundindo o princípio cristão da solidariedade. Portanto, é uma grande honra receber esse prêmio”, ressalta Adriano Candido Stringhini, diretor de Gestão Corporativa da Sabesp.

A cerimônia de entrega será no Auditório São Paulo Apóstolo (das Paulinas), na Rua Dona Inácia Uchoa, 62, próximo às estações Vila Mariana e Ana Rosa do Metrô. Além da Sabesp, mais oito pessoas e duas instituições também receberão o reconhecimento.

A premiação foi instituída em 2015 durante as comemorações dos 270 anos da Diocese de São Paulo. A Medalha traz de um lado a efígie do apóstolo Paulo e, do outro, a vista frontal da Catedral Metropolitana de São Paulo. O decreto que instituiu a homenagem ressalta que esse é um “incentivo para que floresça mais abundantemente a vida eclesial e pastoral nesta Cidade imensa”.

 

SERVIÇO SOCIAL

Dentre as atividades da Sabesp, a premiação destaca o benefício intitulado “tarifa social” (uma redução no preço da tarifa vigente) concedido pela Companhia às famílias de baixa renda e às entidades assistenciais sem fins lucrativos. Outro ponto destacado pela organização da Medalha São Paulo Apóstolo é a ajuda da Sabesp aos eventos promovidos pela Arquidiocese, contribuindo assim com a missão da Igreja de disseminar os valores do evangelho. Para ter direito à tarifa social, o cliente deve ter renda familiar de até 3 salários mínimos, ser morador de habitação subnormal com área útil construída de 60m² e ser consumidor monofásico de energia elétrica com consumo de até 170 kWh/mês. Desempregados também podem solicitar o benefício. Também têm direito à tarifa social as habitações coletivas, tipo cortiços e verticalizadas (como as unidades resultantes do processo de urbanização de favelas).

Outro exemplo de ação social da Sabesp é o programa Água Legal, por meio do qual a Companhia regulariza ligações de água em regiões de alta vulnerabilidade social, onde a população é normalmente abastecida por tubulações improvisadas e sujeitas à contaminação. Com a regularização, os moradores passam a ser incluídos na tarifa social e a ter disponibilidade de água potável com regularidade e sem riscos de contaminação. Além disso, as famílias ganham um comprovante de residência que se reflete em resgate da cidadania e acesso a crédito. A Sabesp também desenvolve atividades socioeducativas com a comunidade. 

Desde a implantação do programa, em 2017, foram realizadas mais de 95 mil ligações de água, beneficiando cerca de 335 mil pessoas moradoras da Região Metropolitana de São Paulo, a um investimento de R$ 117 milhões.  Nos próximos cinco anos, a previsão é que mais de 700 mil pessoas sejam beneficiadas com a execução de 190 mil ligações. 

Destaque ainda para o Se Liga na Rede, destinado a pessoas que não fizeram a conexão à rede coletora de esgotos da Sabesp, pois precisam fazer adequações internas no imóvel (de responsabilidade do cliente), mas não possuem dinheiro para as obras. Nesses casos, a Sabesp arca com os custos e faz a ligação. Entre 2018 e 2019, a estimativa é realizar cerca de 20 mil ligações nos municípios da RMSP e beneficiar aproximadamente 60 mil pessoas.

 

QUALIDADE DE VIDA

Ao fornecer serviços de água e esgoto, a Sabesp contribui para a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente. Por meio de programas em andamento para regularização de ligações de esgoto e implantação de redes de água em comunidades carentes, além de investimentos em obras do Projeto Tietê e agora com o Novo Rio Pinheiros, a Sabesp cuida da natureza, de rios e córregos e, acima de tudo, contribui para a saúde da população. Segundo a Organização Mundial de Saúde, cada R$ 1 investido em saneamento gera economia de R$ 4 na saúde. 

Desde 1992, mais de 10 milhões de paulistas da Região Metropolitana de São Paulo deixaram de conviver com esgoto porque passaram a ter coleta e tratamento. Até 2023, a Sabesp planeja investir R$ 18 bilhões nas cidades que atende, e a maior parte desses recursos – R$ 11 bilhões – será destinada a empreendimentos para ampliar o saneamento básico. 

 

Este conteúdo te ajudou?
0 0
Compartilhe Imprima



Imagens da Sabesp

Buscar em Releases


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.