Notícias

Que tal comemorar o Dia Internacional dos Museus aprendendo sobre saneamento?

 18/05/2018 às 14:20


Museu do Hidrômetro

Em 18 de maio, comemora-se o Dia Internacional dos Museus, o famoso Museum Day. Para aproveitar uma data tão importante, que tal visitar alguns dos espaços da Sabesp reservados para contar a história do saneamento?

No Guarapiranga, Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), por exemplo, a companhia mantém o Museu do Hidrômetro, onde é possível conhecer desde o primeiro medidor de água, instalado em São Paulo em 1890, até o mais recente e moderno.

Já em Santos é possível descobrir a história das primeiras estruturas de esgotamento sanitário e abastecimento da Baixada Santista no Palácio Saturnino de Brito, onde também funciona o escritório central da Sabesp, no centro da cidade.

Museu do Hidrômetro


Com cerca de 150 peças, o espaço expõe hidrômetros de diferentes países, entre eles aparelhos ultrassônicos utilizados pela companhia na medição de grandes consumidores de água. No museu, os visitantes também aprendem sobre o funcionamento dos equipamentos e descobrem os problemas causados pelas fraudes, por exemplo, o comprometimento do abastecimento. 

O espaço foi criado por funcionários da própria companhia e nele também se encontra o Laboratório de Medidores – área de testes de novas tecnologias, análise de medidores retirados do campo e inspeção de medidores novos adquiridos pela empresa.

As visitas no museu acontecem de segunda à sexta-feira e devem ser agendadas por grupos entre 10 e 20 pessoas pelo telefone (11) 5683-3244. A entrada é gratuita. O espaço fica localizado na Rua José Rafaelli, 284, Guarapiranga.

Palácio Saturnino de Brito


O Acervo do Saneamento da Baixada Santista está aberto à visitação turística, desde 2009, nas dependências do Palácio Saturnino de Brito, onde também funciona o escritório central da Sabesp no Centro de Santos. Tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT), o ponto turístico já recebeu mais de 20 mil visitantes do Brasil e outros países do mundo. O local também faz parte do trajeto do Bonde Turístico da Cidade. 

A construção é do início do século XX e abriga acervo que conta a história da construção dos canais de drenagem de Santos, além das primeiras estruturas de esgotamento sanitário e abastecimento da região, por meio de fotografias, mapas, projetos originais do engenheiro sanitarista Saturnino de Brito e mobiliário da época. Do passado ao presente, no acervo existe ainda uma sala interativa sobre o Programa Onda Limpa, o maior empreendimento de recuperação ambiental do litoral do País. Nesta sala é possível acompanhar todos os avanços obtidos pelas obras da iniciativa em um ‘super mapa’ da Região Metropolitana da Baixada Santista, que ocupa todas as paredes do ambiente do chão ao teto, com direito a recurso de iluminação especial. 

As visitas ao acervo podem ser feitas de terça a sexta-feira, das 11 às 17 horas, e sábados, das 11 às 15 horas. O percurso é monitorado por guia turístico. Grupos e excursões escolares podem agendados por meio do telefone (13) 3201-2657. O endereço do Palácio Saturnino de Brito é Avenida São Francisco, 128. A entrada é gratuita.


Espaço dentro do Palácio Saturnino de Brito destinado ao Programa Onda Limpa

 

 
Este conteúdo te ajudou?
32 0
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.