Notícias

Ação da Sabesp vai distribuir 4,5 mil caixas-d’água

 27/04/2020 às 00:00

Entrega de caixas d' água

A Sabesp já distribuiu mais de 3.200 caixas-d’água na Região Metropolitana de São Paulo e em cidades do Interior do Estado e vai ainda entregar outras 1.250 caixas para moradores que estejam sem reservação interna e não tenham condição de comprar. Dessa forma, a empresa vai beneficiar mais de 4.500 famílias com a doação dos reservatórios, uma ação que visa a prevenir que as pessoas fiquem sem água em momentos em que sejam necessários reparos emergenciais ou manutenções preventivas na rede de abastecimento.

O trabalho de higienização de espaços públicos realizado pela Sabesp também continua, tanto na Região Metropolitana de São Paulo quanto no Interior e Litoral de São Paulo, nos municípios atendidos pela Companhia. Já foram atendidas mais de 290 cidades paulistas, em todas as regiões onde a Sabesp presta serviço e onde já foram realizadas mais de 6 mil lavagens. Pelo Interior e Litoral, também já foram entregues mais de 1.900 kits de alimentação e 5.500 kits de higiene, um trabalho realizado pela Sabesp em parceria com Prefeituras e organizações da sociedade civil.

Na Região Metropolitana de São Paulo, as caixas-d’água foram entregues a bairros e comunidades das zonas sul, leste, oeste e norte, entre os quais Paraisópolis, Vila Dalva, Pinheirinho, Pq. das Flores, Jd. Eucaliptos, Jd. Pantanal, Jd. Damasceno, Brasilândia, Vila Guilherme, Boi Pinga (Vila Albertina), Pq. Novo Mundo, Gaivotas (Grajaú), Jd. Monte Azul (Santo Amaro) e Vila Roschel.

A distribuição de caixas-d’água é uma medida que já foi adotada anteriormente pela Sabesp para ajudar moradores a se adaptarem ao decreto estadual 12.342/78 e à regra da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), segundo a qual os domicílios devem ter reservatório que seja capaz de suprir o abastecimento dos moradores por ao menos 24h.

Já a ação de lavagem de espaços públicos foi iniciada no dia 24/3 e ocorre também em parceria com prefeituras. Por causa do coronavírus, a Companhia está aplicando mais cloro na água utilizada na limpeza urbana para garantir mais eficiência ao processo de higienização. Na Região Metropolitana de São Paulo, é usada a água de reúso produzida nas estações de tratamento de esgoto (ETEs), que também recebe dose adicional de cloro.

Este conteúdo te ajudou?
0 0
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.