Notícias

Sabesp certifica estações de tratamento de esgoto com selo de sustentabilidade

 01/12/2020 às 00:00

Estações Sustentáveis

Mais cinco  estações de tratamento de esgoto receberam  selo de ETEs Sustentáveis, totalizando em 2020 seis unidades certificadas entre as 18 inseridas atualmente no Programa EEs Sustentáveis, criado pela Companhia para desenvolver e disseminar a cultura da sustentabilidade. A iniciativa estimula a adoção de ações para aprimorar a gestão operacional e o desempenho ambiental das unidades que tratam do esgoto, promovendo o aproveitamento dos subprodutos gerados no processo – biogás, lodo e efluente – como recursos sustentáveis.

Criado em 2019, o programa mantém um sistema de certificação organizado em três níveis de evolução, avaliados com base em critérios específicos a serem alcançados pelas estações de tratamento de esgotos. Para ser certificada no Nível 1, a ETE deverá ter equacionado e implantado soluções sustentáveis para a destinação do lodo, do efluente e dos gases gerados pelo tratamento. O Nível 2 é alcançado quando a ETE, além de atender as exigências do nível 1, adotar ações de eficiência e geração energética ou a venda de algum produto gerado a partir das soluções implementadas. Já o Nível 3 requer o atendimento das três condições simultaneamente: usos benéficos para o lodo, gases e efluente, a eficiência e geração energética mais a venda de produtos para utilização no mercado.

“Esse é um trabalho de toda a Sabesp, todos colaboram para que possamos ter as unidades sustentáveis. A Sabesp, como uma Companhia que melhora a qualidade de vida das pessoas através do saneamento, melhora também a qualidade do nosso meio ambiente”, disse o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, durante o evento online de certificação.

A Estação de Tratamento de Esgoto  ABC, em São Paulo, foi certificada com o Nível 2. Já a certificação do Nível 1 foi dada à estação Alves, no município de Ribeirão Grande; à estação Cesário Lange, em Cesário Lange; à estação Humaitá, em São Vicente; e à estação Turvo, em Monte Alto. Em 2019, primeiro ano do programa, a estação Várzea Paulista, em Várzea Paulista, já havia sido certificada com o Nível 1.

Além das ETEs certificadas, as outras 12 estações de tratamento de esgoto já fazem parte do Programa ETEs Sustentáveis e realizam uma série de ações e melhorias em seus processos, em direção à sustentabilidade.

 
Este conteúdo te ajudou?
1 0
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.