Notícias

Sabesp tem plano para temporada de verão e alerta para uso consciente da água

 21/12/2020 às 10:00

A Sabesp se preparou para mais uma temporada de verão, neste ano marcado pela pandemia que alterou o dia a dia da população. Com a intensificação dos hábitos de higiene, aumentou a média do consumo de água dos imóveis da Baixada Santista, com acréscimo de 3% se comparado o período de março a outubro de 2019 e 2020. 

A Empresa adotou medidas preventivas e seguiu com obras e melhorias para dar continuidade ao atendimento dos serviços prestados. A participação da população, usando a água com consciência e sem desperdícios, é fundamental neste período de festas de fim de ano.

Se somada a extensão das novas tubulações assentadas entre janeiro e outubro/20, foram 219 km para reforço dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Se as tubulações fossem enfileiradas a partir da cidade de Santos, poderiam seguir pela rodovia Rio-Santos até Ubatuba, no Litoral Norte. 

Foram investidos R$ 446,9 milhões na infraestrutura de saneamento –  uma média de R$ 1,2 milhão por dia aplicados nos nove municípios. Foram intensificadas ações preventivas nas instalações para distribuição aos imóveis: no total, 38.126 hidrômetros foram trocados e 5.559 ramais de água (tubulações que ligam os imóveis às redes) foram substituídos. E até dezembro serão 64.752 vistorias preventivas realizadas pelas equipes técnicas – mais de 170 vistorias por dia.

Ainda será colocado em prática um plano de contingência que envolve a contratação de 150 agentes e técnicos de saneamento para as equipes de campo, além de disponibilizar caminhões tanque, geradores móveis e bombas reservas para atendimento emergencial.


Verão da consciência

A garantia de água nas torneiras também depende da contribuição de cada pessoa, não só no uso consciente. Imóveis devem ter caixa d’água dimensionada para abastecer a quantidade de ocupantes (conforme decreto estadual 12.342/78 e regra da ABNT). Assim, há mais segurança no abastecimento em caso de qualquer variação no período de maior consumo do dia ou para reparos emergenciais (reservação interna deve suprir ao menos 24h independentes do abastecimento público).Imóvel com 3 pessoas deve ter caixa com capacidade para o consumo de, no mínimo, 500 litros/dia; sendo 10 pessoas, a capacidade passa para um consumo de, no mínimo, 1.500 litros/dia. Como comparação: uma piscina de plástico de mil litros equivale ao consumo de água de 6 pessoas durante um dia inteiro.


Dicas:


Verificar se o imóvel está com todas as instalações em ordem: hidrômetro, encanamento e caixa d’água. 

Caixa d’água deve ser limpa a cada 6 meses, a fim de garantir que a água tratada entregue pela Sabesp continue própria para consumo dentro do imóvel. 

Muita atenção a vazamentos internos nos imóveis, que podem ser invisíveis e são grandes vilões do consumo de água.
 

 

Este conteúdo te ajudou?
1 0
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Clubinho Sabesp

 

Simuldor de consumo