Notícias

Sabesp inaugura primeira usina de geração de energia solar

 03/02/2021 às 10:00

A Sabesp inaugurou nesta terça-feira (2/0), no município de Orindiúva, a primeira Usina Fotovoltaica do Programa de Geração Distribuída da Companhia. Essa unidade de geração de energia solar tem capacidade de 1 megawatt (MW), com potencial de geração de 1,9 milhão de quilowatt-hora (kWh) ao ano. Esse volume é suficiente para abastecer 780 residências, o que corresponde a 44% da população de Orindiúva. 

A entrega da usina fotovoltaica, realizada durante evento online, faz parte do programa estruturado pela Sabesp para uso da energia solar como fonte limpa e renovável, reduzindo custos. Ao participar da inauguração, o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, destacou a importância do programa para o meio ambiente. “Hoje, com esse exemplo da usina fotovoltaica, nós estamos trabalhando dentro da renovação da nossa matriz energética, de trazer energia renovável, energia limpa, gerando menos poluição, menos emissão de carbono, e trazendo eficiência no gasto público”, disse.

A energia produzida na usina de Orindiúva compensará créditos com consumo de eletricidade que a Sabesp utiliza em suas instalações operacionais de água e de esgoto no município e em mais seis cidades da região. O elevado índice de irradiação solar local, com média anual superior a 5,0 kWh/m²/dia, foi um dos fatores positivos que viabilizaram o empreendimento. Orindiúva é um município operado pela Unidade de Negócio Baixo Tietê e Grande da Sabesp e fica próximo a São José do Rio Preto.

“Esse processo da energia distribuída através das usinas fotovoltaicas é algo absolutamente inovador que a Sabesp traz para o mercado de saneamento. Uma solução interessantíssima tanto do ponto de vista ambiental quanto do ponto de vista econômico. A Sabesp trabalha com inovação, trabalha com preocupação ambiental, com preocupação de governança e com a questão social”, afirmou o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga.

O Programa de Geração de Energia Fotovoltaica por Geração Distribuída tem investimentos da ordem de R$ 250 milhões financiados pelo BID Invest para implantação das 33 usinas fotovoltaicas em áreas da Companhia contíguas às instalações operacionais, principalmente no interior do Estado. Com potência entre 1 a 4 MW, as unidades totalizarão cerca de 73 (megawatt-pico) de potência instalada. O programa reafirma o compromisso da Sabesp pelo caminho da sustentabilidade ambiental, investindo na geração de energia a partir de fontes renováveis.

O diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente da Sabesp, Alceu Segamarchi Junior, chamou a atenção para o significado da inauguração da usina e do programa. “Isso só reforça o compromisso da Sabesp com o meio ambiente e inova mais ainda nesse quesito. A Sabesp, que é a primeira empresa de saneamento do Brasil e uma das maiores do mundo, certamente é a primeira em inovação, em investimento em fontes alternativas de energia limpa”, disse.

A iniciativa da Sabesp é importante porque o consumo de energia é extremamente relevante na prestação dos serviços de saneamento básico, principalmente nas estações de bombeamento de água e esgoto, representando uma das maiores despesas das empresas do setor. A energia gerada será suficiente para suprir 4,5% de toda energia consumida pela Sabesp ou 60% de toda a energia elétrica consumida em baixa tensão na Companhia, trazendo uma economia de cerce de R$ 50 milhões por ano nos gastos com energia. 

Ao investir no potencial de geração de energia limpa e renovável, a Sabesp se destaca em empregar o uso de inovação tecnológica, contribuindo com a preservação do meio ambiente e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Este conteúdo te ajudou?
3 0
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Clubinho Sabesp

 

Simuldor de consumo