Notícias

Sensores são utilizados pela Sabesp na procura de vazamentos

 09/08/2016 às 16:30

Para encontrar vazamentos não visíveis, a Sabesp utiliza equipamentos de ponta como a Haste de Escuta e o Geofone. No entanto, preocupada em aperfeiçoar e diminuir o tempo dos serviços, a companhia também atua com o Correlacionador de Ruídos. A tecnologia, também empregada em países da Europa, possui dois sensores que são colocados em dois pontos da rede de abastecimento de água. O sistema utiliza as informações da tubulação (material, diâmetro e distâncias dos sensores), além da velocidade da propagação do som, para identificar com exatidão o local do vazamento de água. A informação é transmitida por rádio para uma central conectada ao laptop (computador portátil) do operador no local.

O equipamento é utilizado sempre após uma varredura feita por equipes de caça-vazamentos da Sabesp. Em locais de perdas de água, técnicos usam a Haste de Escuta para encontrar ruídos suspeitos nos cavaletes e o Geofone para escutar os sons do pavimento e  identificar o local em que pode ser encontrado o vazamento de água. Quando o problema é difícil de ser localizado, entra em ação o Correlacionador de Ruídos. “O maior benefício dessa tecnologia é a precisão para encontrar vazamentos não visíveis, complementando equipamentos que já são utilizadas há muito tempo pela Sabesp, além ser uma ferramenta importante no combate às perdas de água”, explicou Carla Tereza De Chiara, gerente do Departamento de Gestão do Programa Corporativo de Redução de Perdas de Água da Sabesp.

Este conteúdo te ajudou?
14 1
Compartilhe Imprima

Buscar em Noticias


Por data: de:   dd/mm/aaaa

até:  dd/mm/aaaa

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Clubinho Sabesp

 

Simuldor de consumo