Córrego Limpo

O Governo do Estado, a Prefeitura e a Sabesp anunciaram, em março deste ano, a retomada das ações do Programa Córrego Limpo. Criado em 2007, o programa funcionou de forma integrada entre as esferas estadual e municipal até 2012, mas sofreu perdas entre 2013 e 2016, quando a administração anterior da Prefeitura de São Paulo parou de realizar sua parte, conforme o convênio vigente. Agora foi retomado.

Desde o início até o momento, o projeto já despoluiu 151 córregos, numa área de aproximadamente 200 km², beneficiando cerca de 2,5 milhões de pessoas. O investimento total já realizado pela Sabesp foi de R$ 241 milhões, e a vazão de esgoto retirada dos córregos atingiu 1.500 litros por segundo. O objetivo do programa é melhorar a qualidade de água dos mananciais, rios e córregos, através de adequações no sistema de esgotamento sanitário do entorno dos córregos, trabalhos de manutenção e educação ambiental.

A grande novidade dessa nova etapa do programa é a retomada da parceria do Programa Córrego Limpo entre Sabesp e Prefeitura. Isso demonstra o propósito de zelar pela qualidade das águas desses córregos, que influem tanto na vida das pessoas.

Parcerias e Projetos

O Programa Córrego Limpo é mais uma união de forças entre Governo do Estado, Prefeitura e Sabesp em prol da população de São Paulo.

À Sabesp cabe mapear, inspecionar e realizar a manutenção de redes coletoras, executar obras de remanejamento, ligações, interligações e prolongamento de redes coletoras, monitoramento da qualidade das águas. Realiza também através de um Programa denominado Governança Colaborativa a conscientização e educação da população local.

Já as Prefeituras Regionais são responsáveis pela limpeza do leito e das margens dos córregos (corte de mato, retirada de entulho etc.), manutenção de galerias de águas pluviais (GAP) e bocas de lobo, verificação das possíveis ligações irregulares nas GAPs, contenção de margens, fiscalização de imóveis que não estejam conectados às redes coletoras e reurbanização e realocação de famílias para permitir a implantação da infraestrutura de esgotamento.

O planejamento do programa Córrego limpo é elaborado por biênio e para o período 2017-2018, Sabesp e Prefeitura definiram a conclusão dos seguintes córregos: Uberaba, Parque M'Boi Mirim, Casa Verde e Casa Verde 1. 

Em 2017 as ações do Programa Córrego Limpo, retomado pelo Governo do Estado, Sabesp e Prefeitura de São Paulo neste ano, permitiram que os córregos Uberaba e M'Boi Mirim, fossem despoluídos.

A Sabesp realizou inspeções e manutenções de redes coletoras, executou obras de remanejamento, ligações, interligações e prolongamentos de redes coletoras, além do monitoramento da qualidade das águas, além de realizar o Programa denominado Governança Colaborativa, voltado a conscientização e educação da população local.

Já as Prefeituras Regionais são responsáveis pela limpeza do leito e das margens dos córregos (corte de mato, retirada de entulho etc.), manutenção de galerias de águas pluviais (GAP) e bocas de lobo, contenção de margens, fiscalização de imóveis que não estejam conectados às redes coletoras.

O total de investimentos estimados para o período 2017-2018 e o cronograma detalhado de ações físicas e financeiras, estão no momento sendo definidos em conjunto entre os dois entes.

 

marcador Relação de córregos despoluídos

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Agência de Notícias

Agência de Notícias