Início / Meio Ambiente / Uso Racional da Água

Uso Racional da Água

Você sabia que a quantidade de água disponível na Bacia do Alto Tietê, onde se localiza a Região Metropolitana de São Paulo, é de 200 mil litros/habitante/ano que corresponde a 1/10 do valor indicado pela ONU como adequado?

Diante deste quadro, a Sabesp criou, em 1996, o Programa de Uso Racional da Água para aliar tecnologia e mudanças comportamentais para combater o desperdício.

A proposta também tem como objetivos:

marcador Conscientização da população sobre o valor da água;

marcador Ampliar a vida útil dos mananciais de modo a garantir o fornecimento de água;

marcador Reduzir custos com tratamento de esgotos ao diminuir os volumes de esgotos;

marcador Diminuir o consumo de energia elétrica, produtos químicos e outros insumos nos sistemas de abastecimento de água e esgoto.

Como surgiu o trabalho

O Programa de Uso Racional da Água foi criado por especialistas da Sabesp e pesquisadores da Universidade de São Paulo.

A Escola Politécnica da USP e O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) criaram as bases de sustentação por meio de projetos pilotos e metodologias para medir o consumo de água em hospitais, escolas, cozinhas industriais, prédios comerciais e condomínios.

Esta primeira etapa foi fundamental para definir os padrões de consumo por habitante e o potencial de redução do volume utilizado. 

Classificação
da ONU
Disponibilidade Hídrica (m3/habitante/ano)
Região
Abundante
Maior que 20.000
Brasil (35.000)
Correta
Entre 2.500 e 20.000
Paraná (12.600)
Pobre
Entre 1.500 e 2.500
Estado de São Paulo (2.209)
Crítica
Menor que 1.500
Estado de Pernambuco (1.270)
Bacia do Piracicaba (408)
Bacia do Alto Tietê (200)

 

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Agência de Notícias

Agência de Notícias