Início / Imprensa / Dicas de economia

Dicas de economia

TorneiraQuer diminuir sua conta de água? Ou reduzir o consumo de água no banho em 50%? Deseja saber se seu vaso sanitário e a torneira têm vazamentos? Com alguns testes simples e equipamentos baratos e práticos, é possível garantir economia no consumo e no seu bolso. Há casos em que a conta pode cair para menos da metade.

A Sabesp preparou um guia passo a passo com dicas. O material é ilustrado com fotos e orienta a encontrar vazamentos na tubulação e a gastar menos água no chuveiro e nas torneiras.

As imagens podem ser baixadas em alta resolução nos menus ao lado, ao clicar nas respectivas imagens.

Quem preferir pode receber material ou até agendar uma visita às unidades da companhia para conhecer as novidades.

Para saber mais sobre o PURA, ligue para o programa Sabesp Soluções Ambientais, no telefone 0800-771-2482, ou escreva para solucoesambientais@sabesp.com.br.

 

Torneiras de tanques, pias e jardins também desperdiçam água. Veja como diminuir o consumo:
 

1) Menos água, mesma limpeza

Para economizar água em uma torneira, é necessário instalar um restritor de vazão, também chamado de aerador ou peneirinha. Ele pode ser encontrado em qualquer loja de utensílios domésticos

Torneira

Rosqueie o restritor de vazão na ponta da torneira

Torneira

Com o restritor instalado, o consumo cai pelo menos 50%, além de a água não espirrar tanto. O efeito na limpeza de pratos e roupas é o mesmo

Dica torneira

Neste teste, em 1 minuto, a torneira sem o restritor de vazão consumiu 12 litros. Com a peça, o consumo foi de 4 litros

O banho é o principal vilão no consumo de água – e na conta. Evite banhos longos – no máximo 10 minutos – e feche o registro enquanto se ensaboar ou passar xampu e condicionador. Deixe para escovar os dentes na pia, não embaixo do chuveiro.

No banho, a economia pode ser feita com as duchas, para quem usa aquecimento a gás ou solar, por exemplo. Um restritor de vazão pode gerar uma economia de até 60%.

Chuveiro

 Neste teste, em 1 minuto de uso, o chuveiro sem restritor de vazão gastou 14 litros. Já o modelo com o restritor consumiu 7 litros de água

O vaso sanitário é um dos locais onde mais ocorrem perdas. Há dois testes para detectar problemas. Confira:

1) Teste do pó de café

Jogue pó de café na privada e nas laterais da bacia. O normal é o pó ficar acumulado no fundo do vaso e nas laterais

Se houver vazamento, o pó de café não ficará mais no fundo, já que será levado pela água vazando. Além disso, nas laterais, será possível ver os “trilhos” por onde a água escorre


2) Teste da água no fundo do vaso

Primeiro retire toda a água da privada. Utilize uma luva e um pano usado, que deve ser torcido em um balde. Não é necessário fechar o registro

O vaso ficará totalmente seco. Deixe-o sem uso. Cerca de duas horas depois, verifique se apareceu água no fundo

Vazamento vaso sanitário

Caso tenha surgido água no fundo do vaso sanitário, é preciso consertar o vazamento

Alguns vazamentos acontecem nos canos que estão dentro da parede. Saiba como descobrir se sua tubulação tem problemas:

1) Teste de copo ou de sucção

Para saber se há vazamento em algum cano dentro de casa, primeiro feche o registro no hidrômetro, por onde a água chega até o imóvel

Teste no cavalete

Com o registro do hidrômetro fechado, abra uma torneira acima do nível do hidrômetro e deixe sair toda a água que ainda estiver no cano

Equipamentos

Pegue um copo cheio de água e o coloque na boca da torneira aberta 

Teste de sucção
 

Se houver vazamento, a água será sugada pela torneira, esvaziando o copo. Repare na foto que a água volta pelo cano transparente

Sucção torneira

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Agência de Notícias

Agência de Notícias