Início / Combate a perdas

Combate a perdas

Por dia, 3,5 bilhões de litros de água passam pelas tubulações que distribuem água na Grande São Paulo. Para ter uma ideia da extensão, existem 19 mil quilômetros de redes que podem apresentar vazamentos visíveis ou invisíveis pelo tempo de instalação, desgastes pela grande movimentação de carros ou até mesmo fraudes e roubo de água nestas instalações.

Em sistemas de saneamento não existe perda zero. Mesmo no Japão, onde a estrutura é de aço inoxidável, os índices podem chegar a 10%.

Na Sabesp, o percentual é de 30%, sendo 19,5% por vazamentos e 10,5% por fraudes e roubo de água direto da tubulação.

Desde 2009, a Sabesp desenvolve o Programa de Redução de Perdas de Água. A companhia investe US$ 2,7 bilhões nas 364 cidades em que opera para ações como troca de tubulações, instalação de válvulas redutoras de pressão e substituição de hidrômetros e a meta é alcançar o índice de 25,9%.

Principais ações realizadas

marcadorTroca de 840 mil ramais prediais (ligação de água da rua até o hidrômetro)

marcadorSubstituição de 1,5 milhão de hidrômetros (22% do total)

marcadorTroca de 670 quilômetros de redes de água. A Sabesp tem um total de 65.960 km de redes (em todo o Estado de São Paulo)

marcadorPesquisa de vazamentos invisíveis por meio de geofones – tecnologia de detecção por meio de escuta noturna de barulho de jatos de água abaixo do nível do solo. Serão pesquisados 134 mil quilômetros de redes, o que significa percorrer toda a rede existente por mais de duas vezes.

Técnicos da Sabesp estiveram no Japão para trocar experiências sobre sistemas de abastecimento e as modernas tecnologias no assunto. Da mesma forma, profissionais daquele país moraram em São Paulo para capacitar os funcionários da companhia paulista.


Combate a perdas

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.

Agência de Notícias

Agência de Notícias