Início / Esgoto / Tratamento de esgotos / Estação Parque Novo Mundo

Estação Parque Novo Mundo

A Estação de Tratamento de Esgotos do Parque Novo Mundo está no município de São Paulo, na margem direita do rio Tietê, próximo à rodovia Fernão Dias. O Sistema Parque Novo Mundo atende parte das zonas leste e norte do município de São Paulo e foi projetado para atender parte de Guarulhos. 

Data de início da operação: 5 de junho de 1998

Pessoas beneficiadas: 1,2 milhão de habitantes

Vazão média de projeto:
3 mil litros por segundo

Vazão atual: 2.998 mil  litros/segundo  (média de 2018)

O processo de tratamento é de lodo ativado por alimentação escalonada e em nível secundário, com grau de eficiência de cerca de 90% de remoção de carga orgânica medida. Devido à exiguidade da área disponível, algumas variações ao processo convencional foram adotadas, como: utilização de peneiras rotativas em substituição aos decantadores primários, e estabilização química do excesso de lodo secundário em lugar da digestão anaeróbia. 

Sistema de esgotamento sanitário – Os esgotos são transportados para a estação, através de coletores-tronco e interceptores, perfaz uma extensão de aproximadamente 59 quilômetros.  


Descrição dos processos: 

Unidades da Fase Líquida

marcador grades grosseiras
marcador Estações Elevatórias de esgoto bruto
marcador grades médias mecanizadas
marcador peneiras rotativas
marcador caixas de areia
marcador tanques de aeração
marcador decantadores secundários

Animação fase líquida Parque Novo Mundo


Unidades da Fase Sólida

marcador adensadores por flotação
marcador condicionamento químico dos lodos
marcador desaguamento mecanizado 

Animação fase sólida Parque Novo Mundo

Sabesp na sua região

Digite o nome do município onde você mora e conheça o trabalho que a Sabesp faz nessa região.