Início / Esgoto / Obras priorizadas

Obras priorizadas

Como afirmar que uma estação de tratamento de esgotos na região da zona Leste de São Paulo deve ser construída antes de um sistema de esgotamento sanitário que vai beneficiar a população da zona Sul? Justamente para auxiliar na tomada de decisão  a fim de definir a ordem de realização de importantes empreendimentos em um  cenário que envolve diversas variáveis, a Sabesp iniciou um trabalho utilizando a metodologia matemática denominada AHP - Processo Analítico Hierárquico  (ou Analytical Hierarchy Process)   

Considerado um desdobramento da estratégia da empresa, alinhado ao planejamento e ao orçamento da Sabesp, o trabalho está sendo realizado por etapas e, inicialmente, está direcionado ao conjunto de obras necessárias para a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo. 

Para garantir que o fruto desse trabalho esteja alinhado às expectativas das partes interessadas, antes de divulgar o resultado dessa priorização, a Sabesp gostaria de ouvir a opinião da sociedade sobre os critérios adotados, já que tal iniciativa tem como produto esperado uma lista hierarquizada de empreendimentos que será divulgada amplamente, direcionando e dando transparência às ações da empresa.

Entenda a metodologia

A metodologia AHP se caracteriza por analisar um problema, por meio da construção de níveis hierárquicos menos complexos, facilitando o entendimento e a síntese, utilizando um modelo matemático para auxiliar a decisão. É aplicada mundialmente, sendo adotada de forma pioneira pela Sabesp  na priorização dos empreendimentos relativos ao saneamento Para sua aplicação, são estabelecidas três grandes categorias: impacto estratégico, complexidade e urgência, que são subdivididas em critérios e subcritérios. 

Na Sabesp, no Impacto estratégico estão estabelecidos critérios alinhados às diretrizes estratégicas da empresa como: priorizar municípios com baixos índices de coleta e tratamento e  melhor a qualidade dos corpos d’água que privilegia os empreendimentos que recuperam a qualidade de água dos mananciais; despoluem o rio Pinheiros, o rio Tietê e os córregos contemplados no Programa Córrego Limpo.

Quanto à complexidade, os empreendimentos mais pontuados são os de maior porte e os que exigem remoções de famílias, autorizações ambientais.

No tocante à urgência a AHP da Sabesp priorizará os empreendimentos que, caso não sejam realizados, a Empresa deixará de cumprir compromisso com o Poder Concedente, e outros órgãos externos dentro dos prazos assumidos, ou que oferecerão um maior risco operacional com relação à impactos socioambientais.

Para que aconteça a hierarquização, foi construído um questionário, a ser respondido por empreendimento, com perguntas referentes a cada subcritério. O empreendimento acumula pontuação à medida que responde afirmativamente às perguntas de cada critério definido.

Foram estabelecidos ainda pesos de cada subcritério por meio de julgamentos comparativos.  Nessa fase da avaliação, utiliza-se uma escala de medidas de 1 a 9 para determinar a prioridade dos critérios e subcritérios em relação ao objetivo principal. Os critérios e subcritérios são avaliados dois a dois e o objetivo é determinar a importância e o peso relativo de cada um.

O resultado final do trabalho se traduz em uma matriz, em que os empreendimentos são organizados de acordo com tais classificações, considerando o  volume de investimentos, a complexidade, a urgência e o impacto estratégico.. Desta forma na Região Metropolitana de São Paulo, são escolhidos os empreendimento que trazem maior benefício para a Sociedade com vistas à Universalização do Saneamento.

CONSULTA PÚBLICA 

A Consulta Pública  tem por objetivo colher contribuições e manifestações quanto à metodologia Analytic Hierarchy Process - AHP utilizada pela Sabesp para a hierarquização dos empreendimentos para a coleta, afastamento  e tratamento de esgoto da Região Metropolitana de São Paulo. 

Quer participar? Leia o regulamento e a nota técnica sobre o assunto. O prazo termina no dia 6 de novembro:

marcador Nota técnica

marcador Regulamento