Início / Esgoto / Novo Rio Pinheiros

Novo Rio Pinheiros

 

Em 2019,  foi lançado pelo Governo do Estado de São Paulo o Programa Novo Rio Pinheiros, uma ação que conta com a forte participação da Sabesp e a atuação conjunta de órgãos e empresas estaduais, coordenados pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente - SIMA, com o objetivo de devolver o Rio Pinheiros limpo à população até 2022. 

Para a Sabesp uma ação especial em reforço ao que vem sendo realizado pelo Projeto Tietê, que é a implantação da infraestrutura necessária para esgotamento sanitário na Região Metropolitana de São Paulo. 

A infraestrutura já instalada nos dá hoje condições para alcançar, no âmbito do saneamento, o objetivo do Novo Pinheiros, programa que veio também para ampliar nosso campo de ação com inovações para despoluição direta nos cursos d'água e nos resultados do programa por contratação diferenciada.

No âmbito da Sabesp, há a previsão de R$ 1,7 bilhão de reais em investimentos destinados a um pacote de obras e intervenções nas áreas das sub bacias dos grandes afluentes do Pinheiros, além de ações socioambientais para engajar a população na recuperação das nossas águas. 

As ações estão sendo contratadas com base em performance, uma forma moderna de contratação de serviços que alinha incentivos para a empresa com o objetivo final: a melhoria da qualidade da água do córrego. Nesse modelo, a remuneração da empresa fica diretamente atrelada ao resultado, quanto melhor a qualidade da água, melhor será a compensação financeira. O total de novos imóveis conectados à rede também serão fatores de avaliação das metas. 

Todos os 16 contratos de obras lineares do Novo Rio Pinheiros se encontram em andamento. Até 31 de julho foram investidos R$ 43,7 milhões, o que possibilitou que 6,7% da carga orgânica não aflua mais aos córregos da bacia do rio Pinheiros (correspondente à carga de 35.913 imóveis/economias, uma população da ordem de 120 mil pessoas). O ritmo de execução das obras está acima do previsto: foram conectados ao sistema de esgoto 2,3 vezes o total de imóveis projetados até o 2º trimestre.

Outra novidade no programa é a adoção de inovações tecnológicas em áreas de urbanização irregular, nas quais o esgoto é lançado nos córregos porque as moradias não deixaram espaço para a instalação de coletores. Nesses locais a Sabesp estuda implantar estações especiais, que vão tratar a vazão de esgoto do próprio curso d’água.  

A primeira sub bacia a receber obras nesse modelo é a do Zavuvus, na Zona Sul de São Paulo. O córrego deságua no Rio Jurubatuba, um canal formador do Pinheiros próximo a Represa Guarapiranga. 

Já foi assinado o contrato para implantação das unidades de recuperação da qualidade da água dos córregos Jaguaré e Antonico. A assinatura do contrato para execução da unidade de recuperação do córrego Pirajuçara tem previsão para setembro. Encontra-se em fase de licitação o contrato das unidades de recuperação que serão implantadas nas regiões das sub-bacias dos córregos Cachoeira e Água Espraiada. Essas unidades têm por objetivo recuperar a qualidade dos córregos que recebem esgoto de áreas informais, onde a ocupação não deixou espaço para a instalação de infraestrutura de coleta.

Além de contribuir para a melhoria do rio, o Novo Rio Pinheiros vai beneficiar diretamente 3,3 milhões de pessoas que moram nas imediações, com melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente, e será um incentivo à economia paulista, com a criação de empregos e renda.

Entretanto, para a efetiva revitalização do rio, é imperativo o engajamento efetivo da população, seja para se conectar à rede de esgoto já existente, seja para dar o descarte adequado ao seu lixo, pois se jogado na rua, o caminho natural é desaguar nos córregos, contribuindo para o quadro de poluição. 

O Novo Rio Pinheiros inclui várias ações para o engajamento da sociedade, desde as pessoas que moram nas áreas informais e que serão afetadas diretamente pelas obras e melhorias, até grandes empresas, passando por ONGs, universidades e outras instituições. A conscientização a respeito do correto descarte do lixo e da importância de as pessoas ligarem seus imóveis na rede coletora de esgoto são pontos fundamentais para a despoluição. 

Juntos, vamos vencer esses desafios.

Veja os relatórios de avaliação ambiental e social e plano de gestão ambiental e social - Etapa IV

 

marcador Empreendimento A

marcador Empreendimento B

marcador Empreendimento C

marcador Empreendimento D

marcador Marco de gestão ambiental e social

marcador Plano para realização de consulta comunitária

marcador Planos de gestão social e ambiental

 

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS COM A COMUNIDADE

Confira datas e locais

 

 

LICITAÇÕES

Confira as licitações previstas para as unidades recuperadoras em áreas informais que integram o programa do Novo Rio Pinheiros

Licitação Sabesp 05168/19

marcador  Contratação Integrada para a Implantação de Unidades Recuperadoras da Qualidade das Águas em áreas informais – URQ Chachoeira e URQ Água Espraiada, integrantes do Programa Novo Rio Pinheiros


Licitação Sabesp 05167/19

marcador  Contratação Integrada para a Implantação de Unidades Recuperadoras da Qualidade das Águas em áreas informais - URQ Pirajussara, integrante do Programa Novo Rio Pinheiros